terça-feira, 3 de novembro de 2009

um ano depois


faz hoje um ano estava a começar o meu estágio no Público, quando dei conta disso, num destes dias, pensei: "o tempo passa a correr!" mas se pensar mais a sério sobre isso, sinto que foi já há algum tempo sim. e nestas alturas há sempre a tendência a fazer balanços e tal e tal. então lembro-me tão bem de estar no bar da escs a dizer aos meus amigos que estava a pensar sair do DN e ir estagiar para o Público, porque sim. porque o Público sempre foi o Público, porque antes de pensar em desistir disto (profissão) queria ver o meu trabalho no Público, queria aprender lá. e desde o início que me deparei com receios, diziam-me para pensar bem, que podia ser muito bom mas depois o que ia fazer? sempre tive consciência disso, que seriam 3 meses, ponto final. depois tinha de arranjar outro sítio ou outra coisa. estava disposta a correr os riscos que fossem.

entretanto, passado um ano, muita coisa mudou. escusado será dizer que aprendi muito. sinto que progredi mas também sinto que ainda falho. sei que tudo isto é um processo, que estou a caminhar para qualquer lado, durante não sei quanto tempo. é certo que tenho a certeza que poucas coisas me dão tanto gozo como estar perto da notícia, de fotografar pessoas, de ver o meu trabalho num jornal ou revista. mas sempre tive perfeita consciência que seria muito complicado viver disto. e o pior é que continuo a pensar assim.

há um ano estava a fotografar jornais na redacção do Público, porque não havia mais nada para fazer, porque era o meu primeiro dia. hoje fotografei um embaixador. daqui por um ano onde estarei e o que estarei a fazer?

7 comentários:

silvia disse...

Acho que tem sido um ano de sucesso. E hão-de vir muitos mais porque tens duas qualidades indispensáveis a quem quer fazer disto vida: és mt boa naquilo que fazes e és extremamente persistente.

Laurah disse...

Sarita, com a tua dedicação e pelo que tenho visto teu, não tens de te preocupar muito ;)
*

Analog Girl disse...

Como as coisas mudam... Espero que continues a evoluir, sempre com essa qualidade muito tua. Força! Que venham muitos mais!

Paulo Sousa disse...

É muito bom reconher as nossas falhas.
E isso geralmente faz-nos crescer.
Continuação de bom trabalho a partir deste pensamento.

Pedro Lopes disse...

o futuro aberto tem a vantagem de nunca se deixar fechar, é sempre a descobrir
:-)
parabéns e boas continuações

S.Y.Rodrigues - disse...

evoluiste, sim senhora! sei o quão stressante pode ser não saber o que vai acontecer amanhã, mas por outro lado é isso que torna as mais interessantes:) e não te esqueças que sempre que precisares de uma psicóloga, já sabes:)

Cátia Pinheiro disse...

Olá
essa incerteza nunca acaba muito menos nos dias de hoje.
Fazer balanços é positivo, o problema é quando ao final dos anos os balanços vão ficando cada vez mais inconclusivos...
Continua a fazer o teu melhor isso no final é o mais importante
beijos
Cátia Pinheiro