sábado, 27 de junho de 2009


© fotos sara matos

estou a fazer um curso de iluminação.

acho que a formação nunca fez mal a ninguém, antes pelo contrário, gosto da sensação de aprender algo novo ou apenas de perceber melhor aquilo de que até já tinha ouvido falar. nesta primeira semana fizemos exercícios simples, a ideia era explorar a luz, perceber a luz contrastada e a suave, usando uma fonte de luz e reflectores.

6 comentários:

Boo disse...

Não fosse a luz a base de toda a imagem!! :)

Aprender e (re)aprender sempre foi bom e positivo.... :)

Beijos

Helder Olino disse...

As fotos são simples mas eu gosto imenso. :D

Sara M. disse...

Boo,
exactamente. fotografia é a escrita da luz. :)

Helder,
eu também gosto (e o cubo foi feito por mim - tinha de dizer isto). mas o mais interessante é ver na prática como funciona a luz. o que um reflector pode mudar, por exemplo.

Laurah disse...

Boa ;) depois tens de me dizer o que achaste do curso!!
Beijinhos*

Pedro Lopes disse...

a luz faz
transforma
modela
incorpora
a luz é

um cubo perfeito
é mais que perfeito
o cubo
é um cubo perfeito
:-)

no tempo em que dei formação em modelação 3D e animação por computador, percebi que a malta tinha que aprender a usar luzes virtuais para iluminar os modelos 3D virtuais (fontes de luz de raios paralelos - luz no infinito, spots, omnidireccionais, glow, e outras) e isso era feito sem quaisquer noções de luz real; então toca de organizar, dentro do curso, um worksahop de luz e iluminação, uma coisa um pouco básica feita à custa de uns candeeiros que levei para as aulas, folhas A3 como reflectores e laranjas, bananas, maçãs e pêras como objectos a iluminar (não tivemos tempo para fazer cubos :-)

os resultados foram espantosos: para cada fruto, dependo da posição da luz, reflectores, etc., os resultados eram tão diferentes como "o dia da noite", foi giríssimo de fazer, de ver as reacções dos formandos, de ver a teoria acontecer ali à frente dos olhos, de ver a personalidade dos frutos mudar consoante se alteravam as formas de iluminar

Sara M. disse...

laurah,
devias ter vindo também, temos feito trabalhos em grupo, experimentado as luzes e tal. interessante. quando vamos ao público?
*

Pedro Lopes,
também tive aulas de 3d, em blender, mas confesso que está longe de ser o meu forte. mas sim, também se conta com a luz e os princípios são os mesmos. é, de facto, espantosa a forma como a luz modela o objecto.
*