quinta-feira, 23 de abril de 2009

mariana cardoso

© sara matos

mariana cardoso, gameinvest.

fotografar pessoas normalmente é sinónimo de pensar rápido. ver o espaço e procurar um enquadramento e uma luz interessante. às vezes não há muitas opções e é preciso inventar qualquer coisa - muito rapidamente. como neste caso, num corredor "feio", apanhei uma parede em pimeiro plano, joguei com as linhas, com as cores e resultou assim algo simples, clean.

5 comentários:

amcoelho disse...

Verdade Sara.

Hoje senti isso na pele. Uma adega, duas pessoas para fotografar e pensar rápido. Tentei fazer algo engraçado com os barris. A foto ficou um pouco amarelada pela pouca luz que existia, mas nem ficou muito mal (:

Beijinho*

Sávio Fernandes disse...

Clean. Com pessoas é sempre a melhor opção.

Sanxeri disse...

Original, a foto. Gostei Sara!

E logo eu, que tenho pessimo jeito para a fotografia...

peter pan disse...

é das cenas que curto menos, ter que pedir para fazer poses :\ ficou naice :]

Pedro Lopes disse...

ora!
simples, sim
e vale a pena
e a alma é grande
não é pequena!

tão bom o simples
pelo complexo que é
chegar-lhe perto
e percebe-lo inteiro

como esta e outras imagens que aqui vejo
simples
e cheias
esse inventar que constrói
que resulta
em simples
e completo

é uma arte, uma procura
interrogação
procura de olhar
de construção

eu acho

e parabéns!