sábado, 22 de novembro de 2008

arte lisboa 2008

© sara matos

arte lisboa 2008 | fil

tive pena de só poder ter visto cerca de um quarto da exposição. e, admito que não deu para dar toda a atenção à arte exposta porque estava com o botão de visão fotográfica ligado. mas gostei de algumas coisas, como destes gigantes bonecos de madeira.

a arte é muito subjectiva. fiquei um pouco incrédula com algumas obras expostas. no entanto, acho que nada agora terá tanto impacto como o ready-made de Marcel Duchamp em 1912 (mais coisa, menos coisa). e julgo que o querer inovar e romper com os padrões normais se pode tornar perigoso. não se inova assim tanto e quem olha só pensa: "o que é isto?" mas, como disse, a arte é subjectiva. e como eu não achei muita piada a algumas obras expostas, também pode haver quem não nutra a mínima simpatia pela minha imagem. e os autores das tais obras devem gostar delas e eu da minha linda fotografia.


ah, gostei de ver esta minha foto no jornal. ficou graaaande. ver aqui o pdf.

2 comentários:

Analog Girl disse...

Já não vou a essa exposição há tanto tempo...
Acredito que esteja bastante boa. esses pés são fantásticos...
:)

Teresa disse...

esta foto está muito boa, para variar:)

mas a arte é isso mesmo: há quem goste de umas coisas, e quem goste de outras.

às vezes pode parecer bastante confuso e às vezes quase que nos sentimos atacados por ela, porque nos parece uma coisa banal, porque não "é giro", porque nos diz algo de que não gostamos, porque nos parece algo "muito simples", porque vai contra as nossas noções de arte, por um sem número de razões..mas há que reconhecer a originalidade da maioria das demonstrações de arte e também o facto de nos confrontar com este tipo de sensações. pelo menos é assim que eu a tento ver:)