sexta-feira, 23 de maio de 2008

pensamentos (quase) soltos


os dias
Não sei muito bem o que escrever hoje mas até me apetece escrever. Aproxima-se o fim-de-semana. É engraçado pensar nisto das semanas. Vivemos a pensar que hoje é sexta, amanhã é sábado e por aí fora. Na maioria das vezes contamos os dias para que chegue o tão desejado fim-de-semana. É isso e o fim do mês.

as pessoas
Às vezes penso nisto. Porque será que simpatizamos com umas pessoas e outras não? Porque tantas se cruzam na nossa vida e passado um tempo deixam de fazer parte de nós e outras, por mais tempo que passe, permanecem sempre ligadas de uma forma especial?
São coisas que não se explicam. Acho que não há respostas para estas perguntas. Acontece.

6 comentários:

omlounge disse...

:] hmm~~~ fim de semana bom!
quanto às pessoas, deve ser uma questão de vibe. :)

bom fim de semana miss ~~**

S.Y.Rodrigues - disse...

Essa questão das pessoas é interessante! Acho que é porque gostamos de ser surpreendidos e há pessoas que simplesmente nos surpreendem e depois há as outras que nos compreendem!

Sara M. disse...

omlounge,
tens de me explicar isso da vibe.
e... bom resto de fim de semana

s.y.rodrigues,
sim, talvez seja tb por aí. das coisas q mais nos fascinam numa pessoa é mm a capacidade de nos surpreender. é tb isso q as torna especiais. mas... deve haver mais qq coisa lol tens mais respostas p isto, ó psicóloga?

Pattiê que fica, disse...

Não sei você, mas conto os dias para os finais de semana pois são neles que costumo descansar e fazer as coisas que realmente me dão prazer (ainda não tenho o privilégio - ou qualquer outro nome, que seja - de trabalhar com o que gosto).

Quanto às pessoas: Clarice Lispector, escritora brasileira, dizia que "me entender é uma questão de sentir: ou toca, ou não toca." E com pessoas não é diferente: ou há um sentimento mútuo e afinidades, ou não há nada. Ou nos entendemos, ou seguimos cada um a sua vida, em busca de outros que nos entenderão...

Não sei se fui clara, mas penso que é mais ou menos por aí, compreendes?

Sara M. disse...

pattiê que fica,
pois.. o fim de semana é spe o momento em que fugimos da rotina. eu estou a caminho de fazer o q gosto (tem dias) mas, no fds é qdo faço o que nao tenho tempo de fazer durante a semana por isso é bom.

qto às pessoas. sim, ou nos tocam e nos entendem ou nao. e é simplesmente isso. é curioso. a natureza humana é isso mesmo, um mistério. nao há uma razao mto lógica para acontecerem as coisas. o que até torna tudo mais especial.

mississippi blind joe disse...

tas a precisar de praia